Roney Fraga Souza

Professor Cientista de Dados

Mais Sobre
sobre

Um pequeno resumo

Perfil

Eu gosto de investigar questões da economia utilizando métodos quantitativos e computação. Minha principal linha de pesquisa é prospecção tecnológica via análise de currículos, artigos e patentes. Tenho grande interesse por análise de redes e big data.

Disciplinas

  • Introdução à Microeconomia
  • Microeconomia III
  • Economia e Tecnologia
  • Ciência de dados para Economistas
  • Análise de Dados no R Curso de extensão

Formação

Doutorado Sanduíche

2014/2 - 2015/1

Universidade do Porto

Faculdade de Economia, Porto, Portugal.

Doutorado

2012 - 2015

Universidade de Campinas

Desenvolvimento Econômico, Campinas, Brasil.

Aluno Especial

2010/2

Universidade Federal de Pernambuco

Período cursado como aluno especial no PIMES. Recife, Brasil.

Mestrado

2010 - 2012

Universidade Federal de Mato Grosso

Desenvolvimento Econômico, Cuiabá, Brasil.

Gradução

2004 - 2009

Universidade Federal de Mato Grosso

Economia, Cuiabá, Brasil.

Publicações

Artigos

Livros

Congressos

Projetos

Detecção de linhas de pesquisas emergentes em redes de publicações científicas sobre bioenergia

Utilizou-se de redes de publicações científicas para mapear áreas de pesquisas emergentes em estudos sobre bioenergia. Foram analisados aproximadamente 70 mil artigos científicos. Detectou-se nove grupos emergentes de artigos científicos, estes estão relacionados com tecnologias de terceira geração da produção de biocombustíveis. O biodiesel a partir de algas foi o bicombustível de destaque. As áreas do conhecimento mais citadas são engenharia metabólica, engenharia microbiana, engenharia de cianobactérias e engenharia genética, associadas a análises bioquímicas e moleculares. As áreas de destaque no processo produtivo do biocombustível de terceira geração indica que este novo campo do conhecimento emerge de forma radical, uma vez que estas tecnologias não tem ligações com as tecnologias de produção de biocombustíveis de primeira e segunda geração.

Empreendedorismo é um campo de pesquisa emergente?

Buscando identificar se empreendedorismo é um campo de pesquisa emergente, utilizou-se de um método não supervisionado para mapear as conexões de aproximadamente 30 mil artigos científicos. Os resultados encontrados permitem concluir que empreendedorismo não é um campo de pesquisa emergente, mas sim um campo de pesquisa maduro. Sendo os estudos sobre o papel empreendedor das universidades o campo de pesquisa mais recente que foi desenvolvido na literatura sobre empreendedorismo. Estudos sobre empreendedorismo em espaços urbanos foi um novo campo de pesquisa encontrado. Por fim, os estudos sobre empreendedorismo em family firms e experiências de sucesso empreendedor apresentaram-se como as áreas de pesquisa mais dinâmica dentre as encontradas.

Propriedade Intelectual, inovação e desenvolvimento

O estudo Propriedade Intelectual, inovação e desenvolvimento: Desafios para o Brasil investigou a importância da propriedade intelectual para a economia brasileira e as discussões teóricas sobre o tema. Ao analisar as patentes concedidas, constatou-se que as universidades públicas continuam desempenhando um papel relevante no registro de patentes. Que por sua vez, significa que as empresas brasileiras inovam pouco, consolidando o cenário do produção de commodities e nos distanciando das áreas-chave da indústria 4.0. A demora na análise dos pedidos de patentes, em média 10 anos, é um dos gargalos detectados. A defasagem no processo de patenteamento contribui para um distanciamento da indústria brasileira no mercado mundial. Ao analisar de maneira pioneira as informações das patentes cadastradas na plataforma de currículos Lattes, verificou-se que os pesquisadores com perfil acadêmico são responsáveis por dois terços das patentes concedidas no Brasil, e dentre estes 84% tem produtividade acadêmica elevada nos meios acadêmicos, com uma média de 27 artigos publicados em revistas científicas. Evidenciando que não existe uma dicotomia entre produção acadêmica e geração de propriedade intelectual. LINK

BirdDog

Ciência de dados para prospecção tecnológica via análise de: currículos, artigos e patentes

BirdDog é um projeto de prospecção tecnológica que mapeia campos do conhecimento por diferentes dimensões. Utiliza-se de leitura de currículos da plataforma lattes para encontrar quais profissionais trabalham com determinada área do conhecimento, considerando o peso das publicações e as relações de co-autoria. Com artigos é possível utilizar os dados obtidos em bases de dados como Scopus e WoS (Web of Science) para construir redes de publicações científicas, agrupar artigos por similaridade de conexões, calcular medias topológicas de importância de cada artigo, extrair o conteúdo de grupos com NLP Natural Language Processing, entre outros procedimentos. Os mesmos procedimentos aplicados aos artigos científicos são finalmente aplicados a patentes, onde é possível encontrar a fronteira do conhecimento no mundo das patentes (USPTO). Todos os procedimentos utilizados são compostos por métodos não supervisionados, que permitem aplicações de milhares de autores, artigos e patentes, gastando pouco tempo de processamento.



Vida de Prataleira (Shelf Life), estuda apresentado no Science Meets Busness Conference.

BirdDog

BirdDog

Technological Forecasting
Diversos
Ferramentas e Métodos

Unix

A forma mais estável e barata para organizar vários computadores para resolver o mesmo problema é utilizando Linux. Para processamento de dados eu utilizo computadores com Manjaro, e para servidor web utilizo Ubuntu. Como computador do uso no dia a dia eu utilizo um Manjaro+i3wm.

FreeNAS

Trabalhar com grandes quantidades de dados gera a necessidade de armazenar grandes quantidades de dados. A solução que utilizo é um sistema operacional voltado para armazenagem de dados em rede. Minha é mais fácil pela segurança e funcionalidade que o FreeNAS proporciona.

R

O R é um software estatístico/linguagem de programação que permite analisar dados de forma proficiente com poucas linhas de código. A grande disponibilidade de pacotes, ser software livre, a comunidade, e a flexibilidade são os pontos mais fortes para escolher R como ferramente de trabalho.

SQL

O conhecimento de banco de dados permite alocar grandes quantidades de dados sem sobrecarregar a memória do R. Em ambiente de testes e/ou desenvolvimento o SQLite é uma excelente alternativa para auxilar do fluxo de análise e processamento de dados.

Regex

O uso de expressões regulares permitem tratar dados em formato de texto e auxilia na extração de conteúdo dos artigos e patentes.

Workflow

Tentei encontrar uma forma de trabalhar que me permita: Diante dessas restrições o caminho que segui tende a não ser atrativo para a maioria das pessoas.
Utilizo uma janela do terminal maximizada, no Mac utilizo o iTerm2, rodando com o Tmux. Utilizar terminal + Tmux permite conectar em outros computadores via ssh, e com o Oh My Zsh a vida fica mais ágil. neovim é o editor de texto que uso para editar qualquer tipo de arquivo de texto. Utilizo diversos plugins no Oh My Zsh, Tmux e neovim. Todas as cores são Solarized Dark ou Solarized Light. Para gerenciar arquivos utilizo o ranger.

Ciência de Redes

A principal metodologia que norteia meus trabalhos é a análise de redes. Os textos base da análise de redes que recomendo são:

Análise de texto

Utilizo NLP Processamento de Linguagem Natural para analisar o conteúdo de artigos e patentes. A ideia é obter o conteúdo de um conjunto de documentos, via filtros linguísticos que retornam termos candidatos, sem a necessidade da leitura desses documentos. A análise da importância desses termos candidatos é analisado por métricas como a tf-idf.

Dados

Muitos dos dados que trabalho são obtidos via raspagem de dados de páginas de internet. Também costumo acompanhar e manipular algumas bases de dados que o governo brasileiro disponibiliza. Estas são:

Fotografia

ufmt.naooficial

Instagram

2019 Germany

Alemanha

2018 Brazil Mato Grosso

Pantanal, Chapada dos Guimarães

2017 USA NY

Estados Unidos - Nova Iorque

2017 Brazil Mato Grosso

MT

2016 Brazil Minas Gerais

Minas

2015 Iceland

Islândia

2015 Netherlands

Holanda - Amsterdam

2015 Ireland

Irlanda

2015 Portugal

Porto

2015 Spain Barcelona

Espanha - Barcelona

2015 Italy

Itália

2015 Norway

Noruega - Oslo

2014 MotoTur

PT, ES, IN, FR

2014 Spain Vigo

Espanha